Banda da Brigada Militar – Novo Hamburgo – Gravação no GALPÃO CRIOULO

Nas palavras de Neto Fagundes:
– O tio Nico já dizia! A Brigada Militar é a Instituição mais gaúcha. Pois na sua farda há a bandeira do Estado do Rio Grande do Sul.

Na tarde dessa quinta-feira (13/07) a Banda da Brigada Militar – Novo Hamburgo, participou da gravação especial do GALPÃO CRIOULO. Neste ano de 2017 a Brigada Militar completa 180 anos e a Banda 122 anos.

Durante a gravação o apresentador NETO FAGUNDES cantou um dos sucessos ao som da Banda. A apresentação do programa está prevista para o dia 30 de jullho às 6h na RBS TV.

19990067_1426506760775218_287196896050083087_n

Brigada Militar recebe homenagem pelos 180 anos em Novo Hamburgo

“Em reconhecimento aos que com fé e coragem cultuam os mais elevados ideais”


SEMPER FIDELIS”

A Academia Brasileira de Medalhística Militar (ABRAMMIL) concedeu à Brigada Militar a medalha GRAU CAVALEIRO em homenagem aos seus 180 anos. O evento ocorreu na sede da Câmara de Dirigentes Logistas (CDL) em Novo Hamburgo 23/6 . Representando a BM estava o Coronel Álvaro de Medeiros, Comandante regional de polícia ostensiva no Vale do Rio dos Sinos.

cot_0037.jpg

Sobre a medalha GRAU CAVALEIRO
A medalha foi criada pela ABRAMMIL no ano de 2007, cadastrada no Exército Brasileiro com o Código B 62 e registrada no Ministério da Cultura com o nº 418.511. A Referida medalha é concedida à pessoas e entidades em reconhecimento aos serviços prestados à Sociedade Brasileira e pelos seus atos meritórios para o engrandecimento do Brasil

cot_9801.jpg

Composição da mesa de honra:
Coronel Luís Fabiano Mafre Negreiros – Comandante do 19º BIMtz (são leopoldo); Coronel Álvaro de Medeiros – Comandante do CRPO/VRS; Regis Ayrton Lermen – Cel EB Pres da ABRAMMIL José Mauro Junker; Gilberto Carlos Pedron ; Jaime Alois Schierholt ; António Candido Newman Medeiros.

ABRAMMIL
A Academia Brasileira de Medalhística Militar (ABRAMMIL) foi fundada em 1º de março de 2007 e tem como Patrono D. João VI.
A ABRAMMIL foi criada primordialmente com a finalidade de, em vida, homenagear pessoas e Instituições que se destacaram em suas respectivas áreas profissionais ou pelos seus atos morais, sociais, patrióticos e culturais para o bem da sociedade e o progresso do Brasil.
Com isso afirmou nosso Monteiro Lobato “Um País se faz com livros e homens”.
Nós da ABRAMMIL acrescentamos, ” E com exemplos!”.

Coronel Regis Lermen – Presidente da ABRAMMIL

editado

Os militares do Pelotão de Operações Especiais (PELOPES) de 1984 do 19º Batalhão de Infantaria Motorizada do Exército Brasileiro, Batalhão Leão da Serra, foram agraciados com a medalha  MARECHAL CASTELO BRANCO

  • RICARDO BARCELOS MAICÁ
  • RICARDO ALBERTO SCHILLING
  • JOSE CLAUDIO KASPER
  • CARLOS ALBERTO DA SILVA
  • JOSÉ MAURO JUNKER
  • MAURO ALVEZ DA VEIGA
  • MARCOS AURÉLIO CONSUL
  • PAULO ROBERTO DA SILVA
  • ATANÁGORAS OLIVEN CEDRIC MICHELS DA FONTOURA
  • CLEO FERNANDO DA SILVA
  • PAULO ROBERTO TEIXEIRA DE MOURA
  • MARCELO FREIRE MONTE SANTO
  • ADERLEI MOREIRA FERNANDES
  • FELIPE EDUARDO ZANATA
  • UBIRACI DE OLIVEIRA PALMA
  • JOSÉ CARLOS DALBOSCO MARTINS
  • JOÃO BATISTA JOSÉ DA SILVA
  • GILBERTO CARLOS PEDRON
  • GERSON JACKS DE OLIVEIRA BARTH
  • CELSO LUIS DECZUTA DA SILVA
  • SERGIO LUIS BENDER
  • MARIO COIN VARGAS
  • SALOMÃO BITENCOURTE DE OLIVEIRA
  • ANTONIO CANDIDO NEUMAN MEDEIROS
  • VOLMIR PANERAI

Sobre a medalha MÉRITO MARECHAL CASTELO BRANCO
A medalha foi criada pela ABRAMMIL no ano de 2008, cadastrada no Exército Brasileiro com o código C 37 e registrada no Ministério da Cultura com o nº 656.518. A referida medalha é concedida a pessoas e entidades pelos relevantes serviços prestados à Nação e em reconhecimento pelos seus atos meritórios e cívicos, que com fé e coragem cultuam os mais elevados ideais patrióticos.

cot_9770.jpg

COMUNICAÇÃO SOCIAL DO CRPO/VRS
Fotos: Sd Jonas Spindler

 

Operação Integração Sinos #OpIntegraSinos

A operação integração sinos, visa através da atuação em conjunto de todos os órgãos da segurança da região reduzir os índices de criminalidade, proporcionando a paz e segurança de todos, congregando os seguintes órgãos: Secretaria de Segurança Pública, Brigada Militar, Policia Civil, Policia Rodoviária federal, Corpo de Bombeiros Militar, Guardas Municipais e poder Judiciário;

Participam dessa operação 787 Policiais e bombeiros   militares, policiais civis, Policiais Rodoviários Federais e Guardas Municipais, serão empregadas 248 viaturas, 03 aeronaves, 06 policiais montados e três cinófilos

 

Detalhes da Operação INTEGRAÇÃO SINOS

Número de Presos = 66
Prisões em Flagrante, Temporárias, Preventivas, Por condenação definitiva e recaptura de foragidos.

Apreensões

  • 3k 239g de Maconha
  • 76g crack
  • 4 armas
  • 81 munições
  • 7 veículos recuperados (em ocorrência de furto/roubo)
  • 2 coletes balísticos

Dados complementares

  • Pessoas abordadas = 3822
  • Carros fiscalizados = 1345
  • Motos Fiscalizadas = 436
  • Veículos autuados = 84
  • Estabelecimento fiscalizado pelos Bombeiros = 25
    – 8 Em conformidade com a legislação
    – 4 Interditados e multados
    – 7 Multados
    – 6 Notificados

​Novos alunos-soldados vão reforçar policiamento ostensivo e Bombeiros

As informações são do Comando-Geral da BM 

Os 522 novos alunos-soldados da Brigada Militar foram apresentados nesta quarta-feira (21), na Academia de Polícia Militar (APM), em Porto Alegre. Do total, 421 serão destinados ao policiamento ostensivo nas ruas e 101 ao Corpo de Bombeiros Militar. Os futuros policiais serão distribuídos entre as escolas de formação e especialização de soldados em diversas regiões do Rio Grande do Sul.

Os alunos foram chamados em anúncio feito pelo governador José Ivo Sartori em abril do ano passado. O Curso Básico de Formação Policial Militar terá início nesta quinta-feira (22). Com carga-horária de 1,6 mil horas-aula, inclui estágios operacionais e tem sete meses de duração. A previsão é de que os tecnólogos em Segurança Pública estejam formados em fevereiro de 2018.

Segundo o diretor do Departamento de Ensino, tenente-coronel Ronaldo Buss, eles serão treinados nas mais variadas disciplinas como técnica policial militar, uso de arma de fogo, decisão de tiro e abordagem policial. “Esperamos habilitá-los para que possam, em três meses, ter condições de ir para a rua, monitorados por policiais da ativa, e reforçar logo a polícia ostensiva”, afirmou.

Ao parabenizá-los, o comandante-geral da BM, coronel Andreis Silvio Dal’Lago, destacou a seriedade da carreira militar. “Vocês serão exigidos pois precisamos de profissionais altamente qualificados, preparados para usar o poder policial em defesa da sociedade, da paz social e da ordem pública”, ressaltou.

Para o secretário adjunto da SSP, coronel Everton Oltramari, o ato ilustra o empenho na promoção de mais segurança à população. “Apesar das imensas dificuldades financeiras vividas pelo Estado, o governador decidiu em boa hora chamar novos PM’s, demonstrando o quanto a segurança pública é prioridade para o atual governo”, enfatizou.
Participaram o subcomandante-geral da BM, coronel Mario Ikeda; o chefe do Estado-Maior, coronel Júlio César Rocha Lopes; o comandante do CRPO Centro Sul, coronel Paulo Ricardo Quadros Remião; e o presidente da Comissão de Segurança e Serviços Públicos da Assembleia Legislativa, deputado Catarina Paladini.

Texto: Clelia Admar/BM

Edição: Gonçalo Valduga/Secom

Fotos: Rafael Silva/GCG

Treinamento dos (POEs) dos Batalhões do CRPO/VRS

Sexta-feira 16/6. Na Academia de Polícia Militar (APM) os Pelotões de Operações Especias (POE) dos Batalhões que compõem o Comando Regional de Polícia Ostensiva do Vale do Rio dos Sinos (CRPO/VRS) tiveram um dia de instrução e nivelamento em Operações de choque.
Atividade ocorreu por ocasião do encerramento do 4º Curso de Especialização em Operações de Choque. Confira AQUI a matéria.

COMUNICAÇÃO SOCIAL DO CRPO/VRS

TREINAMENTO PARA OS POLICIAIS MILITARES DO VALE DO RIO DOS SINOS

Entre os dias 12 e 14 de junho os Policiais Militares que atuam na área do CRPO/VRS (3º, 25º e 32º BPM) realizaram um treinamento com as carabinas calibre 556mm NATO, .30 e  a Pistola elétrica (SPARK).

A instrução, tanto teórica, quanto prática foi ministrada pelo Capitão BM Alexandro Dos Santos Famoso na sede do 3º BPM, Novo Hamburgo. Tal atividade teve o objetivo de qualificar os Servidores Militares da região.

COMUNICAÇÃO SOCIAL DO CRPO/VRS

​Mais 25 policiais militares concluem especialização em operações de choque

A Brigada Militar (BM) formou, na noite dessa terça-feira (13), 25 novos policiais militares especializados em controle de distúrbio, na sede do 1ª Batalhão de Operações Especiais (BOE), na zona leste de Porto Alegre. A solenidade, que encerrou o 4º Curso de Especialização em Operações de Choque (CEOC), foi presidida pelo Comandante-geral da Corporação, Coronel Andreis Silvio Dal’Lago e contou com a presença do Chefe de Polícia da Província de Misiones, na Argentina, Comissário-geral Manuel Mártires Céspedes. 
O curso iniciou em abril último com a participação de 25 multiplicadores, dos quais 19 de vários municípios do estado. Pela primeira vez, outro país da América Latina participa da iniciativa, com representantes argentinos, além de outros quatro estados brasileiros (Tocantins, Mato Grosso, Amapá e Paraíba). De acordo com o Comandante do 1º BOE, major Claudio Feoli, a presença dos dois policiais da Província de Misiones trouxe um reconhecimento de qualidade do curso, que ultrapassa as fronteiras do Brasil. “As três primeiras edições contaram com a presença de policiais militares de diversos estados brasileiros, enquanto esta quarta edição eleva o conhecimento às fronteiras do Mercosul, reconhecendo a qualidade e excelência alcançada”. 
Ao todo, a corporação já formou mais de cem oficiais em operações de choque. Durante 45 dias, em regime de dedicação exclusiva e carga horária de 500 horas-aula, os alunos foram constantemente avaliados quanto à correta execução nas atividades típicas de controle de distúrbio, tecnologia de menor potencial ofensivo, como direitos humanos, ações integradas de tropas a pé e montada, entre outras. 
Entre os participantes, apenas uma mulher, a capitão Monica Zuany. Com 33 anos, atuando na 3ª Batalhão de Polícia Militar onde comanda a 2ª Companhia e responde pela 3ª Companhia, no Vale do Rio dos Sinos, a capitão Zuany é amazonense, mora no Rio Grande do Sul desde 2003 e ingressou na BM em 2014. Ela afirma que, apesar das dificuldades do curso, ela espera voltar para a sua unidade e atuar no Pelotão de Operações Especiais (POE) da região aplicando os conhecimentos e a experiência adquirida durante o curso. 
O Coronel Andreis Silvio Dal’Lago saudou os formandos do curso que, segundo ele, é estratégico para a corporação e para o país, que vive um momento turbulento. “Nossos formandos, tropa diferenciada, oriunda de 11 comandos regionais, vão retornar para seus locais de origem e multiplicar o que aprenderam com motivação e empenho. Os policiais militares são um reservatório de honra e dedicação à sociedade. Somos guardiões do estado de direito em uma democracia, agindo dentro da lei, em especial, nas comunidades sob o jugo da violência. Lá estão o policiais como única presença do Estado, salvando e protegendo, sempre na defesa do cidadão de bem”. 
O coronel Andreis também destacou a presença do chefe de Polícia de Misiones e agradeceu pela parceria em diversas ações entre os dois países , especialmente na área de fronteira. 
Participaram da formatura o Chefe do Estado-Maior da BM, Coronel Julio Cesar da Rocha Lopes; o Comandante do Comando Rodoviário da BM, Coronel Nelson Alexandre Menuzzi; o Comandante do Policiamento da Capital, Coronel Jefferson Jacques; o Comandante do CRPO/VRS, Coronel Álvaro de Medeiros; o Diretor de Ensino da BM, Tenente-coronel Ronaldo Buss; o ex-Comandante da BM, Coronel Silanus; entre outras autoridades civis e militares, convidados, integrantes da Força Nacional, Policia Federal e policiais militares de outros estados.
Texto: Clelia Admar/ Ascom BM

Edição: Léa Aragón/ Secom

Foto: Rafael Silva/BM

Blog no WordPress.com.

Acima ↑